Megatubarão

imagem megatubarao

(Com poucos spoilers)

Desde que soube da estreia desse filme, imaginei um filme ruim, absurdo e divertido. Como sou bem facinho para filmes de ação, fui assistir e realmente ele é tudo o que imaginei. O ator Jason Statham e o investimento altíssimo em cenas de ação é o que diferenciam esse longa de todos os outros do mesmo gênero. No mais, as mesmas situações de sempre: um inimigo monstro que parece invencível; um grupo de aventureiros que vai diminuindo ao longo do filme devido às mortes; um romance inesperado; um rico vilão que mais para o fim do filme é destruído pela fera; e, como está cada vez mais comum, uma criança no meio da ação que ameniza o clima em alguns momentos e em outros torna-o ainda mais quente por estar ameaçada. Qualquer coisa serve de pretexto para contar a origem do monstro em filmes assim. Pode ser uma explosão atômica, uma bactéria vinda do espaço, alienígenas, um terremoto que abre fendas no mar, etc. Nesse caso, o animal acaba sendo retirado de um ecossistema que estava isolado até então, mas nada disso é explorado.

A homenagem ao original de Spielberg é clara. O tubarão raramente é capturado em tela inteiro, muitas cenas submersas mostrando o que seria a visão do animal observando pessoas na praia, entre outras coisas. A tudo isso é acrescentada uma incrível tecnologia de submarinos que permite cenas intensas de perseguição entre animal e ser humano, lembrando perseguições entre espaçonaves. Enfim, se você está cansado desse gênero, nem passe perto do filme. Agora, se não liga para as premissas e apenas quer ver boas cenas de ação, ele é uma boa opção.

Uma temática trabalhada que me chamou bastante a atenção foi a incredulidade de todos os personagens no início do filme sobre a existência da criatura. O protagonista já havia enfrentado tubarão cinco anos atrás, chegando a perder amigos. No entanto, ninguém acreditou em sua história e ele foi taxado de louco, bêbado, incapaz e por isso deixou o trabalho. Apenas anos depois fica constatado que ele estava certo e então é chamado de volta para salvar o dia. Isso seria algo muito possível de acontecer, pois o ser humano tem a tendência de não crer naquilo que não pode compreender. A existência de um peixe pré-histórico parecia impossível. Assim, quem viu só pode ser louco. No entanto, o mundo está repleto de pessoas que tiveram experiências estranhas e não são compreendidas. Basta vermos alguns programas de televisão sobre aparições fantásticas. De fato, muitos mentem inventando histórias, e outros possuem sérios problemas psíquicos, mas há um bom grupo de pessoas que pode estar falando a verdade. Quando ouço algo desse tipo não acredito, mas também não desacredito. Só quem viveu a experiência pode saber de fato. Precisamos respeitar as pessoas e suas vivências.

Creio na Bíblia, e ela está repleta de histórias que muitos consideram loucura; inclusive a história de um grande peixe que engoliu um homem, e este conseguiu viver três dias dentro do peixe antes de ser vomitado e retomar sua vida. Eu creio em Deus, que se tornou homem, morreu, ressuscitou e prometeu voltar. Creio que todos os que se submetem a ele herdam o Reino dos Céus. E quem me disse isso foram homens que viram isso tudo e escreveram na Bíblia. Muitos os chamam de loucos ou golpistas, mas eles morreram afirmando o que viram e eu creio nessa mensagem.

Estamos falando sobre fé. O mundo vai muito além do que nossa mente pode entender ou do que podemos ver. É muito fácil chamar alguém de louco, difícil mesmo é crer sem ver.

“Você creu porque me viu? — disse Jesus. — Felizes são os que não viram, mas assim mesmo creram!” (João 20:29)

“A fé é a certeza de que vamos receber as coisas que esperamos e a prova de que existem coisas que não podemos ver.” (Hebreus 11:1)

 

Um comentário em “Megatubarão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s